Os preços mais baixos garantidos para o aluguer de automóveis em mais de 6.000 locais em todo o mundo

 

Os preços mais baixos garantidos para o aluguer de automóveis em mais de 6.000 locais em todo o mundo

 

Reserve seu hotel online

 

 

Você está aqui

EUROPA: reembolso dos impostos (tax free, tax refunde ou détaxe).

  • Total de visitas: 1506401
  • Unique Visitors: 215942
  • Registered Users: 3452
  • Last Registered User: moshecawthorne073410
  • Published Nodes: 115
  • Your IP: 54.91.16.95
  • Since: 02/27/2014 - 13:02

Olá viajantes...fiquei devendo a explicação do reembolso de impostos desde a última vez que fui à Europa. E como promessa é dívida, vou explicar direitinho como receber de volta o tão famoso tax free.

Confesso que a minha primeira viagem à Europa, apesar de me informar sobre este reembolso, não consegui receber nenhum euro. Juntei todas as notas fiscais e ao chegar no aeroporto, os funcionários da alfândega me informaram uma série de exigências e acabei desistindo.

Prepare-se para a maratona e seja organizado!!!

A primeira coisa que você tem que saber é que nem todos os produtos adquiridos e estabelecimentos possuem esse benefício. Hotéis e serviços por exemplo, não são ressarcidos em nenhum percentual (mas no Chile, este imposto é ressarcido com gastos em hotéis).

  • O que é: trata da devolução do imposto sobre o valor acrescentado (IVA) ou VAT e incide sobre a maioria dos produtos.
  • Quem pode requerer: os não moradores da União Européia, maiores de 16 anos, que estão de passagem na União Européia por menos de 6 meses.
  • Valores devolvidos: os percentuais variam de acordo com o País. Na França, por exemplo, apenas gastos superiores a 175,01 euros, no mesmo dia e na mesma loja, são abarcados por este beneficio e a devolução varia de 5,5% a 19,6%. Já o Reino Unido, a compra mínima é de 36 libras e a devolução é de 17,5%, sendo a da Itália de até 20% (entre as maiores).
  • Como fazer: respire fundo e leia atentamente os passos dessa maratona.

Para facilitar sua vida, sempre que fizer compras pergunte que tem tax free (geralmente tem o adesivo colado na vitrine). Mesmo sem saber falar uma palavra em inglês ou na língua local, recomendo decorar essa pergunta: Have a Tax free? (kkk) Os vendedores vão entender em todos os países e se aquele estabelecimento ou produto for alcançado por este benefício, entregarão um formulário diferenciado (Global Bue/Global Refund) junto a nota fiscal, em 3 vias, geralmente num envelope como este abaixo.

 

É preciso mostrar o passaporte na loja e na maioria das vezes, dizer se quer receber a devolução em dinheiro ou cartão já naquele momento, apresentando-o para eles anotarem.

Obs. Mesmo quando a opção for pelo dinheiro, os dados do cartão são necessários para em caso de erro, ser cobrado o valor devolvido.

Ao longo da viagem, vá juntando todos os envelopes possíveis (kkk) e na hora de voltar para o Brasil, apresente-os no setor específico no aeroporto às autoridades aduaneiras (alfândega) que você estiver embarcando de volta. Isso deve ser feito antes do embarque, tá?

ATENÇÃO: só é possível requerer o Tax Free no aeroporto do último País que você estiver visitando antes de voltar ao Brasil.

Recomendo chegar bem antes do horário previsto, cerca de 3 horas de antecedência, pois perto dos horários de voos esses locais costumam ficar lotados, com filas enormes e você correrá o risco de deixar de receber de volta uma boa quantia em dinheiro, ou perder seu vôo.

Com as notas separadas, antes de fazer o check in, dirija-se ao guichê e o oficial da alfândega vai separar e conferir as notas fiscais, carimbando-as (validação), junto com o seu passaporte.

 

Ah! Pode acontecer deles pedirem para conferir os produtos, geralmente fazem isso com os bens mais caros como relógios, bolsas e óculos, então os tenha na mala de mão ou faça a troca antes mesmo de embarcar as malas (melhor opção).

Se escolher receber a devolução através do cartão de crédito, não precisa enfrentar mais nenhuma fila: basta colocar todas as notas fiscais carimbadas dentro de um envelope, com o número do cartão de crédito em que será creditado e depositar na urna correspondente. Confesso que essas urnas ficam espalhas pelo aeroporto mas não são de fácil localização...

Em minha recente viagem a Paris, em maio deste ano, fiz a opção de receber o reembolso de alguns pequenos valores em cartão de crédito e até hoje espero...

Isto porque nas compras cuja devolução seja de pequeno valor, ou você esquece a devolução ou opta por recebê-la através da sua tarjeta. Não deu certo pra mim, infelizmente, mas vários amigos já fizeram desta forma e receberam normalmente, depois de dois ou três meses, sendo que a restituição não foi simultânea (cada loja devolveu num mês diferente).

Mas se preferir em dinheiro (que pode ser em dólar, real, euro, libra e outras moedas disponíveis), o que eu recomendo, você encara nova fila,  e recebe o respectivo junto a casa de câmbio indicada no setor. A devolução varia (de acordo com o produto e com o País), como falei anteriormente.

 

Ah!!! Algumas lojas já adiantam o reembolso desses impostos no momento da compra mediante a cobrança, claro, de um percentual pelo serviço que chega a 2%. Mas mesmo assim, é preciso o formulário específico tá?  

No aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, cheguei cedo, segui as plaquinhas vermelhas de TAX REFUNDE, não enfrentei fila nenhuma e ainda contei com a ajuda de um simpático auxiliar depois de carimbar minhas notas fiscais, que separou gentilmente as notas fiscais com valor inferior e explicou que somente seriam reembolsados pelo cartão, já que fiz várias comprinhas pequenas.

 

Uma última coisa: caso vá fazer várias comprinhas naquelas lojas de departamentos (tipo Harrods, Selfridges, etc), junte todas as notas fiscais de cada setor e ao final do dia troque-as conjuntamente. Porque eles considerarão os valores totais e você acaba recebendo mais devolução.

Acho que vale super a pena perder umas horinhas e receber o tax free, principalmente depois de tantos gastos. Já vá de peito aberto e sabendo que vai demorar para não se estressar... e aproveite a devolução do imposto para fazer as ultimas comprinhas no Duty free.

 

Go shopping...Bye.

Categorias: 
Dicas básicas

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para testar se você é um humano ou não para prevenir envios automáticos.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.