Os preços mais baixos garantidos para o aluguer de automóveis em mais de 6.000 locais em todo o mundo

 

Os preços mais baixos garantidos para o aluguer de automóveis em mais de 6.000 locais em todo o mundo

 

Reserve seu hotel online

 

 

Você está aqui

Chile: Cajón del Maipo (por Luiza Anhê-Aracaju/SE)

  • Total de visitas: 1438720
  • Unique Visitors: 210669
  • Registered Users: 3418
  • Last Registered User: leonorafalbo86805992
  • Published Nodes: 115
  • Your IP: 54.162.164.86
  • Since: 02/27/2014 - 13:02
Ótima opção para um bate-e-volta partindo de Santiago

Olá viajantes...progamando minhas férias cujo destino será o Chile, recebi essa dica incrível da amiga de minha filha, Luiza, que amou aquele País e já tá com vontade de voltar. Sempre há coisas a descobrir, mesmo para aqueles que não são amantes dos esportes de inverso. Adorei garota, e espero que vocês também fiquem com água na boca...

"Cajón del Maipo – Embalse el Yeso

 

Bom, já havíamos visto na internet alguns posts sobre o Cajón del Maipo, mas muitos diziam que era um lugar de difícil acesso, e achamos que não valeria a pena.

Porém, no nosso primeiro dia em Santiago, durante a troca da guarda no Palácio La Moneda, encontramos o Marco Antonio, guia do Destino Chile, e assim que falamos que não queríamos esquiar, ele nos indicou prontamente o passeio para Cajón del Maipo.

Sem dúvida a melhor opção, o lugar é simplesmente maravilhoso!

O nosso guia não falava português, mas era fácil entende-lo, seu nome era Victor, um senhor muito gentil e animado. O tour começa cedo, 7:00 da manhã, já que o Embalse, esse lago no meio das montanhas, é um pouco distante de Santiago, mas o caminho já é uma atração a parte.

 

Paramos para alugar roupas, e é muito importante, além das roupas, se necessário, alugar botas para neve e bastões de caminhada, porque para chegar ao Embalse el Yeso é preciso caminhar por uns 20/30 min e o caminho tem bastante neve.

Depois de alugarmos os acessórios necessários, um pouco mais a frente, paramos para passar por um túnel com cerca de 500m, onde antes passava uma ferrovia, o guia nos deixou de um lado e nos buscou do outro, para que atravessássemos sozinhos. Quanto a história desse túnel, eu deixo que vocês descubram lá.

Fizemos mais uma parada para fotos e depois fomos para o Embalse el Yeso, haviam banheiros no começo da trilha e no meio, mas são banheiros químicos, no meio também haviam alguns carrinhos com empanadas e algumas comidas.

Chegamos finalmente ao Embalse, um dos lugares mais lindos que já vi na vida, tente ficar um pouco em silencio e “conversar com as montanhas”, como disse o nosso guia, é incrível.

 

 

Fomos pra lá num dia de muito Sol, então a neve foi derretendo e alguns tiveram dificuldade em andar até o Embalse, porque estava bem escorregadio, então prepare-se para se sujar, porque você pode escorregar. Eu não tive problemas, mas vi várias pessoas escorregando e caindo.

Nosso guia nos deu duas horas para ver tudo e voltar para o ponto em que ele havia nos deixado, mas por conta do derretimento da neve levamos quase três horas. Converse com o guia para ficar por cerca de três horas também, assim dá para aproveitar melhor o lugar.

Ao voltar para o ponto de encontro, o nosso guia nos esperava (preocupado e) com queijo, salame, azeitonas, batatinhas, amendoins e claro, vinho.

 

Depois desse pequeno piquenique paramos na volta para comer empanadas, devolvemos os acessórios alugados e voltamos pra Santiago. O passeio durou o dia todo, o trânsito na volta é intenso, então, se for deixar alguma reserva em restaurante ou algo programado, deixe para mais tarde.

Por fim, duas coisas super importantes!

Primeiro, nós pegamos um dia quente, então o caminho foi tranquilo, mas não se aventure a pegar um carro e ir sozinho, o caminho tem várias curvas, e se estiver cheio de neve dificulta ainda mais as coisas, vá com uma agencia, tem várias em Santiago, e você poderá fazer o seu passeio com mais tranquilidade.

Segundo, fomos num sábado de manhã, vá durante a semana, os chilenos adoram esse passeio e vão com seus carros fazer piqueniques lá. Então, na hora de voltar para o ponto de encontro depois da caminhada até o Embalse, havia muita gente, e muitos carros, acho que seria mais agradável ir em um dia não tão tumultuado."

Adorei a dica...doida para conhecer.

 

Categorias: 
Friends pelo mundo

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para testar se você é um humano ou não para prevenir envios automáticos.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.