Os preços mais baixos garantidos para o aluguer de automóveis em mais de 6.000 locais em todo o mundo

 

Os preços mais baixos garantidos para o aluguer de automóveis em mais de 6.000 locais em todo o mundo

 

Reserve seu hotel online

 

 

Você está aqui

Setembro 2014

  • Total de visitas: 1833281
  • Unique Visitors: 240736
  • Registered Users: 3605
  • Last Registered User: unamorales1537465103
  • Published Nodes: 120
  • Your IP: 54.82.73.21
  • Since: 02/27/2014 - 13:02

HOLAMBRA/SÃO PAULO: A CIDADE DAS FLORES.

Olá viajantes...gostaria de dividir com vocês meu presente de 18 anos de casada: uma cidade inteira de flores para comemorar!!! E foi por isso que conheci Holambra, um lugar muito charmosinho a 1hora e meia da capital paulista.

Visitei essa cidadezinha no período da maior exposição de flores da América Latina – EXPOFLORA 2014, a qual é a realizada anualmente para dar as boas vindas à primavera.

De colonização holandesa, cujo nome é a junção de Holanda, América e Brasil, este local de apenas de aproximadamente 12 mil habitantes encanta desde o seu portal até seus campos de flores.

Recomendo as pessoas loucasporviagem se hospedarem pelo menos uma noite por lá, para curtir ao máximo esse clima de interior regado a muita segurança, organização e povo amável.

Registro aqui, algumas dicas:

 - Como chegar de carro: siga pela Rodovia dos Bandeirantes até Campinas (aproveite para dar uma passadinha no outlet Premium que fica na estrada). Chegando no entroncamento com a Rodovia Anhanguera (M 103), entre na Rodovia D. Pedro I e siga até o KM 135 até a Rodovia SP-340, sentido Mogi Mirim.

Quando chegar no Km 140 você avistará placas indicando o caminho para Holambra.

Indo pela Via Anhanguera, basta seguir por esta Rodovia até o KM 86 (saída 86) e continuar no sentido Mogi Mirim. Chegando na Rodovia SP-340, surgirão as placas para a cidade das flores.

 

- Como chegar de ônibus: pela Viação Cometa, verificar horários. O bilhete custa R$ 32,90 e o trajeto é sentido Mogi Mirim, e leva cerca de  2 horas. É preciso avisar ao motorista sua parada no Km 140 pois Holambra não tem rodoviária e a parada é num posto policial uns 4Km antes da entrada da cidade. De lá, é preciso ligar para uma empresa de táxi para levar o visitante até o local escolhido.

 - Onde ficar: Super recomendo um pernoite na cidade e meu local escolhido foi o Hotel Top Centrum (19-38028551). Localização perfeita que permite um passeio pelo centro da cidade à pé. O quarto triplo é enoooorme e acomoda tranquilamente 4 pessoas, mediante o pagamento de cama extra. As acomodações são novas e tudo reporta Holanda. Café da manhã delicinha, com tortas doces típicas. Funcionários eficientes e simpáticos. Preço: R$ 483,00.

  - Restaurantes: Almocei no Restaurante a quilo Casa Bela, que fica no centro da cidade mas não gostei muito do Buffet. O restaurante Martin Holandesa, a Tratterie Holandesa, a Vila de Sào Paulo e o Warong parecem ser melhores opções.

 - Barzinho: Cervejaria Schornstein. Logo na entrada da cidade, depois do portal, fica essa fábrica de cerveja artesanal com um bar bem legalzinho. Nas noites de sexta e sábado, rola música ao vivo, com um rock anos 80 e 90 muito bom. A opção de tira-gosto deliciosa para acompanhar o chope caseiro é a linguiça na pedra, com queijo provolone, levemente picante. Hummmmm. Ahhhh... e tem visitação à fábrica agendado previamente.

 - O que fazer: Claro que você precisa gostar de campo e de flores para estar aqui pois tudo é voltado para isso.

Agende previamente um passeio aos campos de flores com a Empresa Theos (19- 9168-2199/19-3802-4675) que pode ser feito no próprio carro (R$ 15,00 por pessoa) ou com o transporte da agência (R$ 20,00). Você poderá visitar a plantação de rosas (vermelhas e amarelas), a estufa de gérberas e outras espécies. Se pretender conhecer a estufa das orquídeas o preço sobe mais R$ 25,00.

 Quer saber se vale a pena? Depende do seu interesse e expectativa. Não sonhe com aquele mar de flores pois irá se decepcionar. Na verdade as flores no campo ficam “guardadas” em redinhas brancas individuais e apenas um pequeno espaço da plantação fica aberto para encantar os turistas. Realmente esperava muito mais... só aumentou a minha vontade de conhecer Holambra!

Agende esses passeios para o turno da manhã ou logo depois do almoço porque ainda tem a EXPOFLORA que é enorme e tem algumas programações com horários agendados.

 Na entrada do Parque de Exposição onde acontece a Expoflora vale uma paradinha no Moinho dos Povos Unidos (o maior da América Latina). Depois de desembolsar R$ 36,00, curta a EXPOFLORA. Recomendo pegar um mapinha pois o local é grande. Nesta 33ª edição da feira, fiquei encantada com a mostra de decoração de jardins (ambientes lindos de paisagismo), com os artesanatos de maneira geral (tamancos, tulipas e moinhos para todos os lados), com a árvore de tamancos, as comidas típicas (experimente o biscoito holandês com capuccino) e o clima em geral, onde os moradores, inclusive crianças e adolescentes buscam preservar a cultura dos imigrantes holandeses. Amei a idéia da árvore de tamancos usados pelos bailarinos. Show!!!

- A Parada das Flores, dentro da feira, é bem simples e não vale a espera, assim como a “chuva de pétalas” tão esperada por todos. Realmente...um tubo jogando não sei quantas mil pétalas de rosas não faz o menor efeito em frente a um parque de diversões, e sequer atinge a maior parte da multidão que aguarda ansiosa. Mas se quiser testar, ela acontece as 16:30.

- A feira tem uma excelente estrutura de restaurantes e bares, além de banheiros limpos. Muita comida típica e chope espalhados.

- Apesar da grande quantidade de lojinhas e a enorme quantidade de flores vendidas ao final, recomendo não comprar nada no local pois os preços são mais salgados. Com exceção da Casa Bela (loja que está presente em vários ambientes da feira), com produtos originariamente Holandês, os preços são mais altos na feira.

 Ainda dá tempo de curtir a EXPLORA este ano que dura até o dia 28/09/2014.

 -Ao sair da Expoflora, siga até a rua Campo das Palmas e se jogue nas compras nas Lojas A ORQUÍDEA, e PRONTA FLORA. A primeira tem uma variedade enoooooorme de produtos de decoração nessa linha (vasinhos, suportes, etc) e flores lindas a preços inacreditáveis. Orquídeas de R$ 6,90, violetas de R$ 1,00, Cactos de R$ 2,00 e por aí vai. Pena que não moro em São Paulo...rsrsrs

Já a Pronta Flora tem flores mais variadas e em maior quantidade, com preços similares.  Com o carro lotado de flores, enfeites e afins (kkk) saímos da cidade com alma bem colorida e perfumada.

Mas se não bastassem as compras em Holambra, seguimos até a cidade vizinha, Pedreira e enlouquecemos com os preços de produtos de casa. O comércio é pesado por aqui (no sentido de intenso) e você encontra de tudo: desde artesanato, a louças (tem uma loja de fábrica da Schimt), como objetos de decoração. Adorei a lojinha Christini Artefatti (Av. Joaquim Carlos, 2040, Vila São José-Pedreira) onde os conjuntos de paninhos para cozinhas estavam lindos e com preço bom.

A galeria Center Louças (Av. Antônio Serafim Petean, 2461) tem uma variedade enorme de lojas das quais destaco a Só Art’s (lojas 82 3 e 83)- www.soarts.com.br. Nunca vi tantos suportes lindos para plantas, além de produtos de enxoval de bebê e quarto de crianças. Encantador!!! Ah...aqueles quadros e placas de ferro, estilo retrô são bem em conta em algumas lojas da galeria.

 Se resolver almoçar nesta cidade, a churrascaria Pampas (perto desta galeria) tem rodízio gostosinho.

Mas voltando as flores, quero dizer que comecei a primavera com uma casa repleta delas pois não resisti e trouxe 4 orquídeas, 2 violetas, além de outras duas lindinhas, nos seus respectivos vasos. Deu trabalho embarcar com esses trambolhos na mão mas... valeu a pena.

 

Agora é sonhar com Holanda e seus campos de tulipas. Quem sabe não ganho de presente no próximo aniversário de casamento?

 

 

VENEZA: berloques de murano e outros mimos.

Olá viajantes...que Veneza é uma cidade romântica, com sua geografia e arquitetura peculiar, todo mundo já está cansado de saber. Mas tem alguns segredinhos que poucos conhecem. E um deles está super na moda e virou uma febre no mundo todo: os berloques das pulseiras que contam a história das nossas vidas, ou simplesmente enfeitam.

Lançada mundialmente pela Pandora, tem sua versão brasileira da grife Vivara, através da pulseira Life. Para quem não conhece, é um cordão de prata (já tem em ouro também) em que você vai colocando pingentes (berloques) de acordo com a vontade. 

A ideia para mim é incrível, porque você vai montando a pulseira aos poucos, contando a história da sua “life”,sem pressa, tornando-a única. Querem saber o que isso tem a ver com as pessoas loucas por viagem? TUDO!!!

Porque há pingentes para todos os gostos, inclusive os que representam cidades e países visitados...ou sonhados! Nem só de imas de geladeiras e outros souvenir vivem os viajantes (rsrsrs). E para os que estão de passagem marcada para Veneza, ou neste momento desfrutando suas delícias, saibam que nesta agradável cidade italiana são vendidos lindos pingentes à preços bem mais em conta.

Vou explicar melhor.

Coladinha à cidade banhada pelo Mar Adriático, está a pouco falada cidade de Murano, onde a sua fama cresce pela fabricação dos famosos cristais de murano. Ela fica a apenas 1Km de Veneza e é possível chegar de Vaporetto, barco-táxi (pegue o RM 42). De lá saem as mais lindas peças desses cristais coloridos que fazem sucesso na Itália. Impossível sair de lá sem um deles pelo menos.

Diante da proximidade com a cidade de Veneza, que vive lotada de turistas o ano inteiro, as lojas ficam repletas de murano nas mais diversas formas, dentre elas, os famosinhos e desejados berloques coloridos.Em quase todas as lojas é possível encontrar peças deste material, sendo os mais comuns para pulseiras, pingentes para correntes e, claro, peças de decoração.

Mas o que impressiona são os preços em relação ao Brasil (sempre meu País perde neste quesito...) já que uma peça similar nacional custa em torno de R$ 150,00 e na cidade italiana, não passa de R$ 30,00!!!

E haja variedade e braço para tanto berloque lindo, inclusive os de prata com uma grande variedade também, ainda mais baratinho.

A famosinha grife Pandora vende, no mundo inteiro, os berloques que representam as cidades visitadas (o de Veneza é uma gôndola fofíssima), mas as lojas também dispõem de produtos similares, de boa qualidade e com valores inferiores (de R$ 10 a R$30!!!).

Tenho certeza que será uma lembrança maravilhosa para as amigas que curtem montar esse tipo de pulseira. 

Além de enlouquecer com os berloques, fiquei encantada com os pingentes coloridos de murano. E esse vou guardar com muito carinho pois ganhei da minha querida amiga Sandrita, durante nossa trip pela Itália.

Espero que tenham se encantado. Até breve.